terça-feira, 13 de abril de 2010

Teoria da Variação dos superpoderes


Que os super-heróis e os supervilões têm superpoderes, todo mundo sabe. O que nem todo mundo reparou é que os poderes dos heróis varia, de acordo com a situação e circunstância. Não estou falando sobre motivação, como o esforço da Mulher-invisível para manter o campo de força, ou o empenho heroico do Thor, que lhe permite arrancar forças de uma pequena fagulha de seu ser. Esses são motivos plausíveis, do ponto de vista narrativo. Legal. Estou falando de outra coisa...

Adequação ao oponente
Uma variação que acontece constantemente é o herói se adequar ao vilão, ou o vilão ao herói. É quando um vilão não muito poderoso enfrenta um herói bem melhor e mesmo assim a porrada é acirrada. O Super-homem mesmo é megapoderoso. É o mais forte de todos, é invulnerável, voa mais rápido que todos, dispara uma visão de calor que corta e derrete todos! E ainda percebe o inimigo chegando à distância, porque ele enxerga mais longe do que todos (e através das coisas), e ouve todos os sons que todos os seres fazem em todos os países. O cara é uma apelação com um S no peito e as cores dos Estados Unidos! E não se deparou, ao longo dos anos, com inimigos muito inferiores a ele? E eles não deram trabalho? Ele não apanhou bastante até conseguir vencer?
Talvez o Super-homem seja realmente o maior cavalheiro do mundo (mais uma para sua lista de recordes). Para não humilhar muito os oponentes, dá uma chance, se coloca mais no nível do vilão. É covardia usar todo seu poder contra um vilão mais fraco. O que explica, então, o Pantera Negra rendendo o Surfista Prateado com uma chave-de-braço? Veja bem: Estou falando do Pantera Negra vencendo o SURFISTA PRATEADO!!!!!! Aquele cujo nome é oficialmente escrito em letras maiúsculas e com pelo menos cinco exclamações. Não sei... talvez os heróis e vilões estejam se tornando muito profissionais, que nem os times de futebol, e aí fica todo mundo mais pareado e dá essas zebras... Eu, particularmente, invisto na teoria da variação do poder. Veja o segundo caso, logo abaixo, para averiguar se estou certo...

Membro de uma superequipe
Esse caso é ainda mais recorrente que a adequação aos oponentes. Basta um superser entrar para uma equipe e seu poder automaticamente diminui. Quer um exemplo clássico entre os vilões? O Sexteto Sinistro. O Homem-aranha pena para vencer o Doutor Octopus no mano-a-mano. Quando ele monta uma equipe, com vários dos principais inimigos do Aranha, não é que o herói vence também? Estou dizendo, os poderes diminuem quando se faz parte de uma equipe.
Já ouvi a explicação de que os vilões não sabem agir em equipe, acabam se atrapalhando e o Aranha, tirando proveito disso, consegue vencer todos eles. É o que provavelmente os defensores do Homem-aranha estão pensando agora... E os heróis? Não treinam pra cacete? Não procuram sempre agir em equipe, com ataques coordenados? Pois os casos dos super-heróis cujos poderes diminuem ao fazer parte de uma superequipe são ainda muito mais frequentes que no caso dos vilões. A Liga da Justiça mesmo... quantos dos inimigos que elas enfrentam não poderiam, honestamente, ser derrotados pelo Super-homem sozinho? Tá, tudo bem, o Super-homem é muito gentil, e não quero dar a impressão de que estou enchendo o saco do maior ídolo dos quadrinhos. Que tal os Vingadores? Quando o Visão foi criado por Ultron, não foi uma ameaça para toda a equipe? Não lutou contra todo o grupo de igual para igual? E depois, que se tornou membro dos próprios Vingadores, seus poderes não se reduziram? O que nos leva a uma segunda conclusão. Pela lógica utilizada nessa argumentação e pela observação prática das histórias, podemos concluir que: todo herói tem seus poderes reduzidos quando fazem parte de uma equipe, a não ser quando este mesmo herói se volta contra a própria equipe.
Puxa! Até o Homem-formiga já derrotou todos os Vingadores sozinho quando enlouqueceu... Não é querendo menosprezá-lo, só porque eu (confesso) não gosto dele, mas... ele não é exatamente o mais poderoso membro dos Vingadores que já existiu. Não estou falando do Gigante, nem outra de suas identidades, estou falando do Homem-formiga mesmo. Ele derrotou o Capitão América, o Pantera Negra, a Feiticeira Escarlate, o Magnum e o Visão juntos! Isso mesmo! Sozinho ele venceu o mesmo Pantera Negra que derrotou o SURFISTA PRATEADO!!!!!! e o mesmo Visão que deu trabalho para a equipe inteira no passado.


Esquecimento súbito
Outra coisa que tenho observado, que é uma variação da diminuição do poder, é seu súbito esquecimento. Não sei... Acho que é tanta gente lutando que o próprio personagem fica desnorteado e esquece de um poder. O Caçador Marciano mesmo é pego e não consegue escapar de alguns vilões durante algum tempo, até que uma hora ele se pensa: “Hum! Acabei de me lembrar que posso ficar intangível! São tantos os meus poderes que não me ocorreu antes...” E também vimos várias vezes um poder, que o personagem sabe que tem, só ser usado quando ele está a um triz de ser derrotado. Diante da iminente derrota, ele lembra: “Ah! Vou usar tal poder de tal forma, como já fiz diversas vezes e deu certo! Acho que esse vilão mesmo eu já derrotei assim... não lembro direito... preciso comer mais peixe”. Existem certos personagens aí que podem usar uma certa visão de calor associada a uma certa visão além do alcance para derrotar os inimigos à quilômetros de distância, sabe... mas quase nunca recorre a esse poder... Não quero dizer o nome do personagem para não ser acusado injustamente de perseguição.

10 comentários:

Samuel disse...

Muito bacana esse post. Ri um bocado da parte do SURFISTA PRATEADO. Isso gerou uma dúvida: quem ganharia numa luta o SURFISTA PRATEADO ou o Super Homem?? Abraço

Guilherme dos Reis disse...

O que acontece quando um objeto irremovível é atingido por um objeto irrefreável?

Samuel disse...

Um paradoxo!!

Loot disse...

O surfista prateado tem a capacidade de absorver todo o tipo de radiação incluindo a solar (já absorveu um sol). A sua cosmic awareness permiti-lhe-ia ver que o super recebe os poderes dessa radiação e absorvê-la deixando-o sem poderes. Ele já mostrou essa capacidade com o Hulk absorvendo-lhe a radiação gama e com o Gladiador quando disse que sabia qual a radiação a que ele era vulnerável e que a podia reproduzir.

Bem escrito o surfista vence o superman na minha opinião, sempre. Bem escrito pois como este post descreve isso não acontece sempre.

O problema é quando se tem um personagem muito forte e se quer ter uma batalha equilibrada o que acontece é seres da magnitude do surfista ou do martian manhunter esquecerem-se dos seus poderes. Quantas vezes vimos o surfista alterar matéria em combate? Lembro-me do carnificina transformado em pedra e pouco mais. Não podia ele teóricamente tranformar o superman em papel segundo isto?

O caso do Black Panther foi do pioriro, mas esse erro tem a ver com o escritor dessa série que eleva o black panther aos píncaros esquecendo que ele não é dos heróis mais fortes da terra. O mesmo se passa com o Wolverine é rídiculo quando os colocam tão poderosos, não faz qualquer sentido e ridiculariza-os o que é uma pena pois eu gosto bastante deles.

Bom texto ;)

Abraço

Guilherme dos Reis disse...

E aí, Loot? Tudo bom?
De fato, a resposta mais correta para qualquer confronto é "depende do roteirista". Mas sua explicação foi muito coerente.
Dei uma olhada no seu blog. Você é de Portugal? Que satisfação ter um leitor de outro continente! Seja bem-vindo ao Ficção HQ.
Adicionei o seu link à lista de links relacionados ao meu blog, na página inicial.
Abraços do Brasil!

Loot disse...

Sim sou português.
O Rodrigo descobriu o meu blog e fiquei assim a conhecer o vosso que tenho lido bastante. Gosto muito e adicionei-o logo ;)

Fisicamente o super e o surfer devem ser similares é sempre difícil comparar quando são de editoras diferentes. Mas o Surfer tem uma data de poderes especiais graças ao poder cósmico. Por isso eu apostaria nele como expliquei.

Se fosse o super da era dourada já era diferente, esse tipo era um abuso. Agora o personagem é mais fraco, mesmo assim acho que o enfraqueceram de mais. além da kryptonite tem a cena da magia. Sinceramente já nem o considero o super-herói mais forte da liga da justiça.

Guilherme dos Reis disse...

É, eu também apostaria no Surfista Prateado.

Leonarrdhuu disse...

Numa revista da Série Marvel vs. DC o Super toma pau do Venom - sendo que na série anterior esse mesmo Super tinha derrubado o Juggernaut com um soco só.
E, nessa mesma série a LIGA DA JUSTIÇA com seus membros mais poderosos empata com os X-men.

Não deu para engolir

Guilherme dos Reis disse...

Concordo com você.
Tanto o Venon vencer o Super quanto o
Super vencer o Juggernaut com um soco é, no mínimo, questionável. Assim como o pareamento dos X-men contra a equipa mais poderosa do universo DC.
Valeu pela contribuição!

Edu Pirata disse...

Adorei o post! Parabéns pelo blog!
Sobre o citado confronto entre Fanático (Juggernaut) x Superman, fica ainda mais difícil de engolir uma vitória com um único soco se levarmos em conta que a fonte de poderes do Fanático é mística (ten alguém vulnerável a magia ai?)...